O distrito que lê


“Com uma variável simples, mas ausente em muitas cidades – o bibliotecário -, o distrito de São Francisco Xavier em São José dos Campos, SP,  atrai sua população para o universo da literatura.

A Biblioteca Solidária de São Francisco Xavier é, também, um sucesso de público – e de empréstimo de títulos, sua grande finalidade. Por mês, são efetivados cerca de 800 empréstimos. De fevereiro de 2004 a março deste ano foram 26.614 empréstimos. O distrito tem cerca de 2,8 mil moradores.

A história desse inusual polo literário começou há  mais de 15 anos, com alguns poucos livros amontoados na antiga cadeia do distrito. As crianças, usuárias do acervo para trabalhos escolares, tinham de passar pelo prédio da cadeia desativada para utilizá-lo. Isso começou a mudar em 2004, quando Sidnei Rosa, hoje com 40 anos, voltou à localidade onde nasceu depois de formar-se em biblioteconomia na Universidade Estadual de Londrina, no Paraná. Ao retornar, Rosa tinha em mente transformar São Francisco Xavier em um lugar de leitores”.

Confira matéria na Revista Educação: http://revistaeducacao.uol.com.br/textos.asp?codigo=12750
Conheça a Biblioteca Solidária: http://www.bibliotecasolidaria.com.br/

Anúncios

Sobre redarte

Bibliotecas, arquivos, museus de arte no Rio de Janeiro e em Niterói.
Esse post foi publicado em Artigos e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s